WorkGroup é destaque na Revista Automotive Business

Futuro do Aftermarket no Brasil
Desafios e o Futuro do Aftermarket
31 de março de 2016
Fiat_147_02
Fiat 147 tem exposição em homenagem aos 40 anos de Brasil
20 de abril de 2016
WorkGroup na Revista Automotive Business

Em entrevista para a Revista Automotive Business, Marco Del Corso, diretor-geral da WorkGroup, conta  como os mecânicos podem acessar catálogo on-line no smartphone para achar distribuidores de autopeças mais próximos e atender clientes com mais rapidez. Marco comenta ainda sobre outras novidades da WG, como o “Top 10 categorias” (que gera automaticamente comparativos de preços de manutenção de veículos) disponível no QueridoCarro.com. Acompanhe a seguir:

 

Aplicativo móvel é aliado de oficinas na busca de peças

Por Edileuza Soares | Fonte: Revista Automotive Business – Tecnologia da Informação

As oficinas mecânicas perdem muito tempo com chamadas telefônicas tentando encontrar peças de reposição para os carros dos clientes. Um aplicativo para smartphone promete acelerar esse trabalho e melhorar o atendimento aos consumidores. É o Guia de Peças online criado pela empresa brasileira WorkGroup (WG), especializada em soluções para a indústria automotiva.

A ferramenta fornecida gratuitamente permite consultar na palma da mão informações de meio milhão de peças e 20 milhões de aplicações de mais de 500 fabricantes do setor. O aplicativo traz recursos de georreferenciamento do Google Maps que indica distribuidores localizados próximos. A solução foi desenvolvida em parceria com três distribuidores nacionais de peças – Barros Autopeças, DPK e Pellegrino.

Marco Antonio Del Corso, diretor-geral da WG, informa que o aplicativo traz mais agilidade para o dia a dia das oficinas e reparadores de carros, que têm dificuldade de encontrar peças disponíveis para cerca de 60% das ordens de serviço geradas. “Esses profissionais podem acessar a qualquer hora ou lugar um banco de dados gigantesco, específico, estruturado e, principalmente, atualizado por quem detém informações sobre as mais avançadas tecnologias do mercado, que são os fabricantes e distribuidores”, informa o executivo.

Segundo Corso, o aplicativo foi concebido para automatizar e rastrear itens essenciais na conclusão de ordens de serviço. A ferramenta também ajuda a abastecer estoques, identificar fabricantes e aplicações críticas. “Fazemos um cruzamento das aplicações dos itens com a Tabela Fipe. Atualmente, o mercado dispõe de informações desmembradas. O Guia de Peças tem uma estrutura consolidada, organizada e avalia todos esses dados, automaticamente”, afirma o diretor da WC.

MANUTENÇÃO

Sediada em Campinas (SP) e com mais de 20 anos de atuação no mercado, a WG conta com mais de 3 mil oficinas e lojas de autopeças usuárias de suas tecnologias. Com conhecimento desse mercado, a empresa começa a explorar oportunidades de negócios com estratégias de big data, análise de grandes volumes de dados para entrega de serviços especializados ao setor automotivo. Entre as novidades estão “Top 10 categorias”, que ajuda o consumidor a comprar ou trocar de carro fornecendo comparativos de preços pelas manutenções como troca de pneus, óleo, bateria etc. O sistema avalia dez categorias de veículos e mostra os modelos mais econômicos.

O novo serviço pode ser acessado pelo site da WG “Queridocarro.com”, que integra oficinas e proprietários de veículos. Os mecânicos registram as ordens de serviço para cada tipo de conserto dos carros que não estão mais na garantia das fabricantes. O portal permite que os consumidores controlem a manutenção preventiva e utilizem os relatórios na hora da venda para comprovar os cuidados com o seu carro.

As comparações pelo “Top 10 categorias” são feitas automaticamente a partir de um banco de dados composto por 19 milhões de pedidos de balcão ou ordens de serviço e 65 milhões de itens cadastrados. O serviço pode ser acessado por smartphone Android e iOS e, segundo o diretor da WG, é bastante útil para épocas de crise econômica como o momento atual, que obriga os consumidores a reduzir os custos do orçamento pessoal.

“O QueridoCarro.com informa o histórico das manutenções do automóvel e alerta o usuário sobre gastos desnecessários com serviços já realizados, além de necessidades de futuras revisões”, informa Corso. Atualmente, o portal conta com mais de 3,7 milhões de veículos cadastrados e cerca de 20 mil ordens de serviços ou vendas registradas todos os dias.

O próximo passo da WG é negociar com montadoras para integrar o Querido Carro com concessionárias. Corso observa que muitos proprietários de carros deixam de fazer manutenção nessas revendas após as revisões, recorrendo ao seu mecânico de confiança. Essas lojas acabam perdendo o contato com os clientes. “Sabemos que há oportunidades de negócios com eles e estamos negociando acordo”, informa o diretor-geral da WG.

Clique aqui e leia esta matéria nas páginas 30 e 31 da edição 36 da Revista Automotive Business.

Publicado por www.workmotor.com.br